Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2006

Atacama de Kombi - Finalmente Atacama, San Pedro de.

Definitivamente não sei se consegui dormir. Acho que dava piscadas longas e não dormia. Que noite infernal! Frio, pingos na cara, sentado, com fome. Bah!! Para acordar e matar um, mas pelo contrário o dia seguinte nos reservou uma bela paisagem. Montanhas com neve, sim neve no deserto (partes altas, mas deserto). Muito bem. Espichamos as pernas, um frio de lascar, café e um rango rápido para tapear e vamos que vamos que um dos destinos está próximo. Depois de algumas curvas finalmente entramos em mais um país. Chile aí estamos nós! Fotos perto da placa, sobre a placa, escondidos na placa, enfim, todos os problemas da noite já haviam sido esquecidos... Menos pela Ale que seguia meio mal. Tudo era festa, e foto. Tinha o morro rato, as montanhas, a Kombi sem fôlego, água do deserto, o vulcão em erupção. EHEHEH Até chegarmos em San Pedro de Atacama, fomos direto para a cidade e esquecemos de passar na alfândega. EHEHEH Que alfândega, que segurança. Primeiro fomos comer algo, procuramos u…

Atacama de Kombi - Praticamente um saleiro.

Foi dada a partida, saímos as 7:10 do camping e a Kombosa marcava os seus 11979 Km. Estávamos indo bem, paramos para abastecer, estávamos ainda fazendo uma média de 8Km por litro, uma boa marca para tudo que a Kombi tinha que carregar. Saindo de Salta passamos por alguns rios que certamente são de água de degelo, muita pedra e água bem limpa, começamos a subir lenta e gradativamente, a estrada é bem sinuosa e arborizada, lembra bastante a estrada de Nova Petrópolis para Caxias do Sul (Rio Grande do Sul – Claro!!!). No início do trajeto achamos uma barragem, foi onde para conseguirmos uma boa foto tivemos que mover um senhor pedregulho. Não sei se era a pedra que era pesada a beça ou nós que éramos programadores fracotes... prefiro acreditar que a pedra era bem pesada. Seguindo pelo trajeto, havia partes que pediam para buzinar antes das curvas para avisar, pois só passava um carro por vez. Não pegamos nenhum movimento no trajeto. Haviam lugares que era fundamental parar por dois moti…